Olá ! Sejam Bem Vindos | TELEFONE: (44) 3035-7476

HomePortal de NotíciasMulher atropelada após sair de paróquia em Arapongas tem morte cerebral confirmada, diz família

Mulher atropelada após sair de paróquia em Arapongas tem morte cerebral confirmada, diz família

Mulher atropelada após sair de paróquia em Arapongas tem morte cerebral confirmada, diz família

Vanessa do Prado Alves Machado, de 33 anos, atropelada na madrugada de domingo (3) após sair da Paróquia São Vicente Palotti, em Arapongas, no norte do Paraná, teve a morte cerebral confirmada nesta quarta-feira (6), segundo a família.

Vanessa estava ao lado do namorado, Daniel Machado, se aproximando do carro estacionado na Rua Francelho, na Vila Nova, quando uma Saveiro branca entrou na contramão e foi para cima deles. Ela foi a única atingida, e o motorista fugiu do local sem prestar socorro mas, de acordo com a polícia, já foi identificado.

Uma nota, assinada por Daniel e pela família de Vanessa, informa que a morte foi confirmada por volta das 15h desta quarta. De acordo com a família, os aparelhos continuavam ligados no início da noite desta quarta porque há a possibilidade de doação de órgãos.

As informações sobre o velório e o sepultamento não tinham sido divulgadas até a publicação desta reportagem.

Vanessa morava em Cambé, também na região norte, e deixa três filhos – uma menina de 16, e dois meninos de 6 e 12 anos.

“Reiterando também nosso anseio de justiça diante do ocorrido e nossa total repúdia ante às displicências e mediante os excessos e mal uso da ‘liberdade’. Vivemos em sociedade, devemos nos comportar como pessoas civilizadas”, finaliza a nota da família.

Investigações

Nesta quarta, a Polícia Civil ouviu o namorado da vítima, Daniel Machado, que informou que acompanhou os policiais até o local do atropelamento para dar mais detalhes.

Por meio da assessoria de imprensa da Polícia Civil, o delegado Ricardo Jorge Pereira confirmou que ouviu testemunhas nesta quarta, e disse que o suspeito de ser o autor do atropelamento já foi identificado e que a polícia estuda medidas cautelares a serem adotadas.

O acidente

Vanessa acompanhava o namorado em uma missão da igreja, e os estavam indo embora quando ela foi atingida pela caminhonete.

A vítima foi arremessada a alguns metros, e teve ferimentos gravíssimos. Atendida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), foi levada para o Hospital Norte do Paraná.

Daniel contou que eles não perceberam que o carro estava subindo na contramão.

“O veículo acertou a Vanessa, que estava do meu lado. Depois do acidente, já contamos com a ajuda da vizinhança e do Samu. No meu coração eu perdoo esse rapaz, conhecendo a Vanessa tenho certeza que ela perdoaria. Mas, nós queremos justiça”, disse.

Fonte: G1 Paraná.

Compartilhar