Olá ! Sejam Bem Vindos | TELEFONE: (44) 3264-2018

HomePortal de NotíciasEm depoimento, pai suspeito de torturar filhos nega agressões e que deixava menino de 4 anos amarrado

Em depoimento, pai suspeito de torturar filhos nega agressões e que deixava menino de 4 anos amarrado

Em depoimento, pai suspeito de torturar filhos nega agressões e que deixava menino de 4 anos amarrado

O homem suspeito de torturar os filhos, de 4 anos e 10 meses, negou que agredia as crianças ou que deixava o menino mais velho amarrado pelo tornozelo com um cadarço ao prestar depoimento à Polícia Civil. O suspeito está preso preventivamente em Arapongas, no norte do Paraná.

“Não bato no meu filho, não sei porque os cadarços estavam amarrados”, disse o vendedor autônomo.

Ele e a esposa foram presos por maus-tratos na sexta-feira (5), e as duas crianças resgatadas pelo Conselho Tutelar.

Conforme a Polícia Civil, a criança mais velha era amarrada com um cadarço de sapato pelos tornozelos e se alimentava no chão. O menino estava com vários hematomas e cicatrizes no corpo, segundo o Conselho Tutelar.

Além disso, segundo a polícia, a casa onde a família estava apresentava condições insalubres. As crianças ficavam no chão em meio a bitucas de cigarros, móveis espalhados por todos os cantos.

A mulher, que está grávida de 33 semanas, foi solta nesta segunda-feira (8). Ela responderá ao processo em liberdade e não poderá se aproximar dos filhos.

Fonte: G1 Paraná.

Compartilhar