Olá ! Sejam Bem Vindos | TELEFONE: (44) 3264-2018

HomePortal de NotíciasCriador de estátuas de cera de Rolândia que viralizaram na internet ignora críticas e agradece fama repentina; obras estão sendo restauradas

Criador de estátuas de cera de Rolândia que viralizaram na internet ignora críticas e agradece fama repentina; obras estão sendo restauradas

Criador de estátuas de cera de Rolândia que viralizaram na internet ignora críticas e agradece fama repentina; obras estão sendo restauradas

Há 20 anos o empresário Arlindo Armacollo decidiu dividir o tempo dos negócios com o mundo das artes. Pintou e doou quadros para diferentes instituições, aprendeu técnicas novas e, por curiosidade, aprendeu a fazer estátuas de cera.

Em 2015, ajudou a restaurar um mezanino da igreja matriz de Rolândia, no norte do Paraná, e doou 20 estátuas de ceras para a criação de um museu com visitação gratuita.

Na esteira do que faz o museu de cera mais famoso do mundo, o Museu Madame Tussauds, os homenageados de Armacollo são sempre personalidades célebres e retratadas em tamanho real.

Mas as obras de Rolândia ficaram mesmo famosas cinco anos depois, quando ele retirou 14 esculturas da igreja para restauração e transferiu parte delas para um museu que ele mesmo construiu. Graças a uma publicação em uma rede social, as obras ganharam o mundo após um trecho de uma reportagem feita em 2015 viralizar na primeira semana de 2021.

Em poucos instantes, as imagens das estátuas viraram memes e figurinhas virtuais que divertiram internautas. Para o criador das obras, que ignora críticas e agradece a fama repentina, o momento é de comemoração, apesar de a família ter ficado chateada com alguns comentários.

“Estou achando tudo muito bom. Quando o comentário foi publicado e milhares de críticas se espalharam, as minhas netas ficaram tristes, mas disse para elas que tudo tem um propósito. Eu não fiz as esculturas com a intenção de ganhar dinheiro, fiz porque gosto, com o objetivo de deixar algo para a cidade. De certa forma, a postagem foi positiva, agora todo mundo conhece o meu trabalho”, contou o empresário.

As obras restauradas que viralizaram — e outras tantas que o empresário criou em anos posteriores — podem ser vistas no Museu de Artes Izidoro Armacollo, em Rolândia.

Fonte: G1 Paraná.

Compartilhar