Olá ! Sejam Bem Vindos | TELEFONE: (44) 3035-7476

A pesquisa aponta alto risco de epidemia no município.

A Vigilância Ambiental de Sarandi realizou o LIRAa (Levantamento rápido de índice para Aedes Aegypti) no período de 29 de janeiro à 02 de fevereiro de 2018. Os agentes visitaram 1.603 imóveis entre residências e comércios, nestes locais foram encontrados 140 larvas do mosquito. Também foram vistoriados 442 terrenos baldios com 46 larvas do Aedes Aegypti.

Veja o levantamento por bairro:

Estrato -1

Jd. das Torres, Centro, Pq. São Pedro 8,8% (ALTO RISCO)

Estrato-2

Jd. Cometa, Jd. Verão, Pq. das Indústrias 11,8% (ALTO RISCO)

Estrato-3

Jd. Ouro Verde, Jd. Independência, Jd. São Paulo 10% (ALTO RISCO

Estrato-4

Jd. Novo Independência, Jd. Universal 7,8 % (ALTO RISCO)

Estrato5

Pq. Alvamar 5,4% (ALTO RISCO)

Analisando os índices é possível observar que todos os bairros apresentam alto risco para epidemia de dengue.

Veja os principais criadouros encontrados pelos agentes de endemias:

1º lugar com 50, 3% – (lixo reciclável, garrafas, latas e plásticos).

2º lugar com 22,7% – (vasos e pratos de plantas, bebedouros de animais e materiais de construção).

3º lugar com 11,4% – (pneus e outros materiais rodantes).

4º Lugar com -9,7% – (caixas de água baixa, tonéis, tanques e tambores).

5º Lugar com lugar com 4,3% (depósitos fixos, piscinas, masseira de construção civil, calhas, lages e sanitários em desuso).

6º Lugar com –1,6%. (depósitos naturais ex: bromélias, ocos de árvores, etc.).

7º Lugar com 0,0% (caixa de água potável elevada).

Comparação:

O resultado do 4º LIRAa realizado de 20 à 24 de novembro de 2017, o índice apontado foi de 3,7% o equivalente a médio risco de epidemia. Já, no 1º LIRAa de 2018, o índice subiu para 9,1% apresentando alto risco de infestação do mosquito.

4º LIRAa 2017 por bairros:

1°- Jd. São Paulo 23,3%

2°- Pq. das Indústrias 19,6%

3° – Jd. das Torres 13,4%

4° – Jd. Verão 13,2%

5° – Jd. Universal 10,9 %

6° – Jd. Cometa 10,9%

7° – Jd. Independência 9,6 %

8° – Centro 9,0%

9° – Pq. São Pedro 8,1%

10° – Jd. Ouro Verde 5,8%

11° – Pq. Alvamar 5,4%

12° – Jd. Novo Independência 5,4%

Solução:

De acordo com o Coordenador do Departamento de Endemias, Joel de Souza, falta conscientização por parte da população. É preciso ficar sempre atento, não deixar água parada, cuidar da limpeza dos quintais, não jogar lixo nas ruas e terrenos, não deixar água nos vasos de plantas, enfim são pequenas atitudes que fazem toda a diferença no combate à dengue”, explicou.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA PREFEITURA DE SARANDI.